Mundo

Garoto desaparecido por 4 anos é encontrado dentro de parede falsa na casa do pai

O pai e a madrasta de um menino de 13 anos estão respondendo pela acusação de crueldade infantil, depois que o garoto foi mantido em cativeiro dentro de uma parede falsa por quatro anos, em Atlanta, nos Estados Unidos. 

Gregory Jean, 37, e Samantha Joy Davis, de 42 anos, são ambos acusados ​​com o cárcere privado e crueldade contra o jovem, que havia desaparecido há quatro anos, quando foi visitar o pai. Ele foi encontrado neste fim de semana após conseguir enviar uma mensagem de texto de seu telefone para a sua mãe na Flórida. O menino ainda relatou ter sido espancado pelo pai, com um pedaço de pau. 

Divulgação/Polícia de Clayton County
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.