Esporte

Na década de 70, experiência do Grêmio Esportivo Anapolino fracassou

O futebol anapolino viveu uma experiência curiosa no início dos anos 1970. A cidade, que na época tinha cerca de 100 mil habitantes segundo o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), contava com três times de futebol: o Anápolis (campeão goiano de 1965), o Ipiranga e a Anapolina. Os dois primeiros eram os mais fortes da cidade, enquanto a Xata começava a crescer.

Além da rivalidade local, o futebol de Anápolis rivalizava com o futebol goianiense, apesar de Goiânia ter população quatro vezes maior. Com apoio da prefeitura municipal, a ideia de fusão das forças do futebol anapolino deu vida ao Grêmio Esportivo Anapolino, que contaria com Anápolis, Ipiranga e Anapolina. O novo clube foi fundado em 1970 e vestia azul e branco, cores diferentes do tricolor do Galo, do alvirrubro da Xata e do alvinegro ipiranguista.

O motivo principal da fusão teria sido a falta de capacidade do governo municipal de ajudar financeiramente três clubes em uma cidade do tamanho de Anápolis. A expectativa, quando da criação, era que o recém-nascido Grêmio Anapolino pudesse fazer frente a Goiânia, Goiás, Vila Nova e Atlético. No entanto, a tentativa fracassou.

O novo clube não entusiasmou o povo da cidade, que estranhou ter de torcer do mesmo lado de antigos rivais. O Grêmio Anapolino disputou dois estaduais apenas. Ficou em 6º lugar em 1970 e na 7ª posição em 1971. O “Grande Vingador”, como era apelidado o novo clube de Anápolis, não vingou. O time se dissolveu no início de 1972.

Anápolis, Anapolina e Ipiranga estavam licenciados junto à Federação Goiana de Desporto (FGF) – equivalente à FGF em tempos atuais – e retomaram as atividades. No entanto, o Ipiranga retornou com menor força e abriu espaço para a Anapolina. Durante muitos anos, Galo e Xata foram os clubes do futebol anapolino, já que o Ipiranga se licenciou, até que em 2007 um novo grêmio surgiu. O Grêmio Anápolis, criado em Inhumas como Grêmio Inhumense, se mudou para a cidade e passou a ser a terceira força no futebol de Anápolis.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.