Esporte

Goiás busca superação para evitar depressão

Após queda na Copa do Brasil, Goiás terá clássico decisivo para buscar reabilitação

De volta a Goiânia após eliminação na Copa do Brasil para o Fluminense, no Maracanã, o elenco do Goiás agora se concentra na segunda partida da semifinal do Campeonato Goiano. O alviverde tenta se recuperar da queda no Rio com uma classificação à sétima final estadual consecutiva. Por outro lado, a queda para o rival seria um duro golpe na campanha esmeraldina no primeiro semestre.

Para ir à decisão do Estadual, o Goiás terá de confirmar a vantagem obtida no jogo da ida, pois venceu o Dragão por 2 a 1, no domingo. Assim, um empate é suficiente para levar o alviverde a decidir o Goianão contra Aparecidense ou Vila Nova.

A eliminação para o Fluminense serve de alerta ao time para o duelo de domingo, uma vez que o Goiás tinha vantagem semelhante diante dos cariocas, apesar de jogar fora de casa na Copa do Brasil.

A derrota por três gols de diferença para o Fluminense foi a primeira goleada sofrida pelo Goiás na temporada. Porém, este dado não significa que a defesa esmeraldina vai bem neste primeiro terço de temporada.

O Goiás disputou 21 jogos em 2017 e sofreu 25 gols. É a pior média de gols sofridos em relação às ultimas cinco temporadas.

O presidente Sergio Rassi admitiu que o elenco ficou abatido com a eliminação para o Fluminense e espera que o ânimo mude para a semifinal.

Segundo o mandatário, o Goiás deve aprender com a derrota para o Fluminense. “Que sirva de lição, pois o time tem de sair para o jogo e não adotar uma postura só defensiva, não dá para segurar um bombardeio”, destacou Rassi.

O duelo de domingo é repleto de rivalidade e boas histórias nos últimos anos e será a última oportunidade para esmeraldinos e rubro-negros medirem forças em 2017, uma vez que o Dragão está na Série A e o Goiás na Série B. O time rubro-negro também segue na Copa do Brasil, enquanto o Goiás está fora.

O time esmeraldino desembarcou no início da noite de ontem, em Goiânia, e terá apenas dois dias para ajustes. O técnico Sílvio Criciúma poderá contar com o volante Patrick e o atacante Carlos Eduardo. Ambos foram desfalques no Rio. Hélder, suspenso, é desfalque.

Ontem, a diretoria do Goiás anunciou acerto com o zagueiro Bruno Aguiar, de 31 anos, que estava no futebol do Catar. O jogador deve se apresentar ao clube na próxima semana, mas só pode jogar pelo clube no mês de junho.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.