Esporte

Dragão desperdiça oportunidades diante do Galo e perde por 2 a 1

O time rubro-negro saiu na frente com um gol de Igor, mas perdeu gols com Niltinho, Paulinho, duas vezes, e Gilvan. O time alvinegro não perdoou e virou com Fred e Elias

Cristiano Borges

O Dragão teve chance de vencer o Galo, mas desperdiçou as oportunidades criadas e perdeu de virada, 2 a 1, neste domingo (16), no Estádio Olímpico. Com mais um resultado negativo, o Atlético-GO segue com oito pontos na lanterna da Série A do Campeonato Brasileiro. O Atlético-MG chegou a 20 pontos e sobe na tabela.

O time rubro-negro saiu na frente com um gol de Igor, mas perdeu gols com Niltinho, Paulinho, duas vezes, e Gilvan. O time alvinegro não perdoou e virou com Fred e Elias. O jejum de vitórias do Dragão subiu para sete jogos, sendo quatro deles no Estádio Olímpico.

O Atlético-GO volta a campo na próxima quinta-feira para enfrentar o Sport, às 20 horas, na Ilha do Retiro, no Recife. O Atlético-MG, por sua vez, recebe o Bahia, às 21h45, quarta-feira, na Arena Independência, em Belo Horizonte.

O jogo
O ritmo da partida entre Dragão e Galo começou muito lento. O clima seco de Goiânia parece ter influenciado no ânimo dos jogadores. Mais acostumado, o Atlético-GO foi dono do primeiro tempo de jogo.

O rubro-negro saiu aos 23 minutos. O lateral esquerdo Bruno Pacheco cobrou falta na área, Fred desviou de cabeça e Igor estava esperto na sobra. O volante do Dragão chutou de primeira no cantinho de Victor.

Mesmo em desvantagem, o Galo não conseguiu incomodar. O Dragão, por outro lado, criou outras duas ótimas chances para ampliar ainda no primeiro tempo. 

Niltinho, em chute cruzado, e Paulinho, de fora da área, pararam em Victor, que fez duas boas defesas.

No início do segundo tempo, Paulinho teve chance cristalina para ampliar o placar e dar folga ao Dragão no jogo. Victor voltou a aparecer bem. O Galo deu a resposta com empate. Aos 11, em lance parecido com o gol do Dragão, Cazares cruzou na área e Fred cabeceou sem chance para Felipe.

O Galo chegou a marcar o terceiro gol com Fred, após novo passe de Cazares, mas o atacante do time alvinegro estava em posição de impedimento. Na base do desespero, o Dragão se lançou ao ataque em busca do empate, mas não conseguiu mostrar poder de reação e perdeu mais uma na Série A.

Ficha técnica:
Local: Estádio Olímpico, em Goiânia
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB)
Assistentes: Oberto da Silva Santos (PB) e Kildenn Tadeu Morais de Lucena (PB)
 

Atlético: Felipe; André Castro (Jonathan), Roger Carvalho, Gilvan e Bruno Pacheco; Marcão, Paulinho, Igor (Luiz Fernando) e Jorginho (Andrigo); Niltinho e Walter. Técnico: Doriva

Atlético-MG: Victor; Alex Silva, Bremer (Matheus Mancini), Gabriel e Leonan; Adílson, Rafael Carioca, Elias, Marlone (Robinho) e Cazares; Fred. Técnico: Roger Machado 

Gols: Igor aos 23' do 1º tempo (Atlético-GO); Fred aos 11'  e Elias aos 27' do 2º tempo (Atlético-MG)
Cartões amarelos: Bremer, Robinho, Victor (Atlético-MG); Paulinho, Bruno Pacheco (Atlético)
Público: 4.220 pagantes/ 5.235 presentes
Renda: R$ 90.530,00

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.