Cidades

Violência: Fim de relacionamento teria motivado cárcere

O administrador de empresa suspeito de manter a ex-namorada e outras quatro pessoas em cárcere privado durante oito dias não aceitava o fim do relacionamento. Segundo a mãe, ele foi diagnosticado com transtorno de bipolaridade, e essa não seria a primeira vez que o filho a ameaçava. Além da ex-namorada, ele ainda manteve a mãe, o filho recém-nascido, uma criança de sete...
Matéria exclusiva para assinantes
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.