Cidades

Sexto Mandamento é recebida com indignação por Associação dos Oficiais da PM

Presidente eleito tenente-coronel, Alessandri Rocha Almeida, foi preso na primeira fase e acredita que a segunda, deflagrada nesta sexta, é uma represália

A segunda fase da Operação Sexto Mandamento foi recebida com indignação pela Associação dos Oficiais da Polícia Militar. O presidente da entidade, tenente-coronel Ubiratan Régis de Jesus Júnior disse que a operação não passa de show pirotécnico da Polícia Federal no dia em que Goiânia sedia um encontro nacional de segurança pública. "Os processos da Sexto Mandamento foram arquivados. Não conseguiram provar nada".

Eleito presidente da associação, o tenente-coronel Alessandri Rocha Almeida, preso na primeira fase da operação, acredita que a deflagração da segunda fase da operação é uma represália às representações que foram feitas pela Frente Parlamentar de Segurança Pública no Conselho Nacional de.Justiça, no Conselho Nacional do Ministério Público e no Ministério da Justiça para apurar abusos de autoridades durante a Operação Sexto Mandamento.

O Popular
Tenente-coronel Alessandri Rocha, presidente eleito da Associação
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.