Cidades

Rodovias estaduais de Goiás recebem 35 câmeras de videomonitoramento

O equipamento irá registrar, em tempo real, infrações, roubos, e causas de acidentes

Reprodução

O governador Marconi Perillo inaugurou na segunda-feira (5) o Centro de Controle, Operação e Fiscalização das rodovias (CCOF), uma central de videomonitoramento que acompanhará o tráfego 24 horas por dia em trechos de rodovias estaduais em Goiás.

Os pontos monitorados são: GO-020, trecho BR-153-Autódromo; GO-040, Goiânia-Setor Madre Germana; GO-060, Goiânia-Trindade e GO-403, Goiânia-Senador Canedo. São, ao todo, 35 câmeras que registrarão em tempo real infrações, roubos, e causas de acidentes. O governo do Estado estuda a possibilidade de abranger o sistema para novas rodovias.

Uma central de videomonitoramento das rodovias e a sede do batalhão do COD estão localizados na Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop). Acompanhado pelo presidente da Agetop, Jayme Rincón, o governador assistiu ao monitoramento feito pela equipe técnica e policial. “Poderemos detectar infratores, ladrões, e também as causas dos acidentes. Motoristas que atropelam, matam e fogem também serão presos porque as placas são vistas em tempo real. Certamente vai resultar na redução da mortalidade no trânsito dessas importantes rodovias”, avaliou.

Marconi destacou que o COD foi criado em 2012 como uma medida para proteger as fronteiras do Estado e impedir, principalmente, o tráfico de drogas e armas. De lá para cá, já foram apreendidos 45 mil quilos de drogas, e recuperado mais de R$ 1 milhão em cargas roubadas. O COD está instalado em 17 municípios goianos

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.