Cidades

Mãe com distúrbios mentais é estuprada por homem, filho flagra ação e quebra o braço do criminoso

Acusado fugiu para um matagal, mas voltou ao local do crime horas depois para buscar suas roupas. Durante luta corporal com o filho da vítima, ele sofreu uma fratura, foi imobilizado e preso em flagrante

Divulgação/Polícia Militar de Ilha Comprida
Homem acusado de estupro de vulnerável é preso em flagrante em Ilha Comprida, litoral de São Paulo

Um homem de 53 anos foi preso em flagrante após estuprar uma idosa com problemas mentais na última terça-feira (1°), em Ilha Comprida, litoral de São Paulo.

Segundo a Polícia Militar (PM) paulista, um dos filhos da vítima flagrou o acusado nu ao lado da mãe, que também estava sem as roupas, ao chegar em casa. Os dois estavam em uma rede estendida no local. Devido aos transtornos de saúde, a idosa, de 65 anos, depende de auxílio para a realização de atividades do cotidiano.

Ao perceber a chegada do rapaz na casa, o criminoso fugiu do local para um matagal próximo. A polícia foi acionada, mas não conseguiu localizar o acusado. No entanto, ele retornou até a residência horas depois para tentar buscar suas roupas. Neste momento, o filho da idosa surpreendeu o acusado e uma briga corporal teve início. O criminoso teve um braço quebrado e foi imobilizado até a volta dos policiais, que constataram o flagrante.

A idosa foi levada a um Pronto Socorro da cidade e recebeu atendimento médico. O homem também foi levado até uma unidade hospitalar antes de ser conduzido para a Delegacia Sede de Ilha Comprida. Ele foi indiciado pela Polícia Civil pelo crime de estupro de vulnerável e permanece preso.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.