Cidades

Homem está em UTI após hospital de Itumbiara deixar gaze na cabeça dele, acusa família

Cunhada diz que encontrou linhas de gaze saindo da cabeça de Gilson Oliveira

Reprodução/TV Anhanguera
Cabeça do paciente Gilson Dias Oliveira

O diabético Gilson Dias Oliveira, de 54 anos, está internado, em estado grave, na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital particular, em Itumbiara, após, segundo familiares, o Hospital Municipal de Itumbiara ter esquecido uma gaze dentro da cabeça dele.

De acordo com os parentes, o possível erro teria causado uma infecção generalizada. A cunhada de Gilson, Camila de Araújo, disse que há cerca de um mês, ele foi até o hospital para drenar uma ferida na cabeça e os curativos deveriam ser feitos em casa. Depois de 15 dias do procedimento, Camila percebeu que saíam gazes da cabeça dele.

“Eu vi que saiu uma linha. Dessa linha eu fui fazendo curativo até que saiu mais um pedaço. Eu peguei e puxei. Foi uma gaze. Depois dela saíram mais três pedaços”, afirmou à TV Anhanguera.

Ainda de acordo com Camila, a ferida começou a cicatrizar após a retirada das gazes, mas surgiram as febres altas e ele foi internado mais uma vez. Como o estado de saúde piorou, Gilson foi transferido para um hospital particular.

A Prefeitura de Itumbiara informou que o hospital está apurando a denúncia.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.